Mina sul-africana poupa energia

Janeiro, 2017 – Na mina de minério de ferro em Kolomela, na África do Sul, três unidades VLT AutomationDrive de 710 kW estão instaladas em um sistema de drenagem que distribui a água para a planta de operações, bem como ao abastecimento de água da cidade. A solução tradicional na indústria de mineração sul-africana são drives instalados em uma subestação central de controles de motores fechada para proteção contra contaminantes de mineração.

Minas de minério de ferro são conhecidas por serem ambientes altamente agressivos, até com micropartículas de poeira. Este pó é prejudicial aos equipamentos eletrônicos, portanto ar controlado na subestação garante que os drives mantenham-se refrigerados e livres de contaminantes. Contudo, para manter o interior com a temperatura correta, o calor gerado pelos drives necessita ser removido da subestação por um condicionador de ar.

Carga do ar condicionado reduzida – A carga do sistema de ar condicionado devido à perda de calor dos conversores e de outros equipamentos em uma subestação normalmente resulta em um consumo relativamente alto do sistema de ar condicionado. Contudo, neste caso, os conversores VLT oferecem a solução ideal com o Back Channel incorporado, o que reduz significativamente a carga de calor na subestação. Ao empregar os conversores VLT, o consumo de energia na subestação foi reduzido a 80 kW, devido à menor perda de calor; as menores cargas de calor na subestação e o menor consumo de energia do sistema de ar condicionado na subestação são alguns dos benefícios obtidos por meio do Back Channel.

A carga de calor significativamente menor na instalação permite uma redução de custo do sistema de ar condicionado. Este sistema tem baixo consumo de energia e custos operacionais. Usando o Back Channel da Danfoss, o ar do lado de fora da subestação é canalizado através do chão, soprado por meio do dissipador de calor do VLT e, em seguida, evacuado usando dutos simples e sem afetar a pressurização da subestação.

Motores de alta eficiência – Durante o desenvolvimento da mina, o foco foi o aperfeiçoamento da eficiência energética em todos os meios possíveis. Motores de alta eficiência foram especificados para a mina inteira para fornecer economia de energia estimada de 65 kW comparada aos motores de eficiência padrão. No entanto, a economia de energia de 80 kW gerada pela desidratação da mina somente com os conversores VLT® equivale ao mesmo obtido pelos motores de alta eficiência.

Em uma subestação da mina, o uso dos conversores VLT com Back Channel normalmente fornece uma economia de custos de operação e de energia anual equivalente a aproximadamente 8% e 10% do custo total da compra de todos os conversores de frequência VLT, em comparação com o uso de soluções alternativas.

Sem Back Channel, uma significativa carga de calor dos drives se acumula na subestação, exigindo compra de um sistema de ar condicionado maior e mais caro – e uma conta de energia maior. Portanto, o payback da solução da Danfoss é muito mais rápido. A mina alcança uma economia líquida equivalente a um dia de operação.

Filtro de ar sem necessidade de manutenção – Devido ao ambiente altamente agressivo na mina de minério de ferro em Kolomela, um filtro de ar é necessário para limpar o ar antes de entrar no canal coletor de calor do VLT. O que torna esta instalação inovadora é a utilização de um filtro com sistema de rotação. O filtro de centrifugação usado na parte de trás (Back Channel) para esta subestação utiliza um efeito de ciclone para proporcionar circulação de ar limpo, de forma simples e livre de manutenção.

A alternativa é um filtro de partículas de ar, que atua por meio do bloqueio do pó. Filtros de partículas de ar são, porém, considerados inadequados para minas de minério de ferro porque entopem com facilidade, portanto, exigem um elevado nível de manutenção.

O sistema de bombeamento oferece economia adicional, utilizando o recurso de Otimização Automática de Energia (AEO). Ele garante que a magnetização do motor esteja sempre ideal, requisito de tempo real, e que nenhuma energia seja gasta desnecessariamente.

Além da remoção de água bombeada pelos conversores de 710 kW neste local da mina, há muitos outros drives VLT de 11 kW a 800 kW controlando de forma confiável o sistema, incluindo transportadores de alimentação, transportadora de arsenal de segurança, correia transportadora de carga, bem como motores de acionamento de longas viagens em raspador móvel de roda de caçamba, empilhador de minério fino e empilhador de minério irregular.

Situada perto da cidade de Postmasburg, no norte da província do Cabo, na África do Sul, a jazida de minério de ferro Kumba na mina Kolomela compreende três poços a céu aberto e é uma operação completa de moagem e peneiramento. A subestação onde os VLT® estão instalados foi encomendada em 2011. Durante 2013, a mina Kolomela produziu 10,8 Mt de minério de ferro, quase 2 Mt acima da meta original de 9 Mt. A jazida de minério de ferro Kumba, membro do grupo Anglo American, é fornecedora líder de valor agregado de minério de ferro de alta qualidade para a indústria siderúrgica mundial. O nome Kolomela significa “cavar mais fundo ou, ainda, perseverar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »