Setor elétrico discute investimentos e modernização durante o ENASE 2017

Rio, maio, 2017 – Ainda sofrendo inúmeros problemas de gestão, o setor elétrico nacional tenta a cada dia se organizar e se reinventar diante de desafios enormes por qual passa o país, nas áreas políticas e econômicas.

Com debates acalorados, teve início hoje, o 14º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico – ENASE 2017, que ocorre entre os dias de hoje (17) e amanhã(18), no Rio. O evento apresenta ao público formado por empresários, gestores públicos e investidores da área de energia novos modelos e oportunidades para investidores, empresas distribuidoras e concessionárias elétricas que atuam na área.

Logo pela manhã, o Ministro de Minas e Energia, Mendonça Filho, em coletiva com a imprensa, confirmou os leilões de energia para o segundo semestre deste ano. São no total 06 leilões agendados, que possuem uma demanda real do mercado. Perguntado sobre alguma ameaça sobre os leilões, o ministro disse: “Sobre crise hídrica não. Somente, os preços podem ameaçar os leilões”.

Promovido pelo Grupo Canal Energia, o ENASE é um maior evento do setor, é traz seus 02 dias de eventos diversos painéis mostrando perspectivas e cenários econômicos importantes, como: Perspectivas do Setor Elétrico 2017 a 20121 – A ótica do Operador; A ótica do Mercado; A ótica do Planejador, além de painel sobre Geração e Transmissão, é Geração Renovável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »