Luminárias de Led ganham cada vez mais destaque nas edificações e iluminação pública

Por Severian Rocha

Setembro, 2017 – Na busca por soluções e inovações que empregam a eficiência energética como modelo de novos negócios sustentáveis, as luminárias e lâmpadas de led têm sido os ovos de ouro do mercado. No Brasil passou a ser comum o uso dessas luminárias e lâmpadas na Iluminação Pública, Prédios Residenciais, Comerciais, Universidades, Hospitais, Estádios e Ginásios Esportivos.

Para falar um pouco sobre o assunto o Jornal da Construção Civil entrevistou Alexandre Dellai, Gerente Executivo de Projetos e Serviços Divisão de Eficiência Energética da UNICOBA, empresa 100% brasileira, que há 04 décadas é líder em soluções para o setor energético, fala desse boom de luminárias e lâmpadas de led, dos seus produtos e das marcas Ledstar e Unipower. 

A SEDE unicoba-manaus
Unicoba

Jornal da Construção Civil – Conte um pouco da história da UNICOBA para nós?

Alexandre Dellai – UNICOBA é um grupo fundado em 1973. Desenvolvemos soluções de eficiência energética em iluminação LED, por meio da marca LEDSTAR®, e de baterias portáteis e de soluções de armazenamento de energia por meio da marca UNIPOWER®. A UNICOBA combina extensa experiência em manufatura de eletrônicos com agilidade operacional para liderar os mercados que atende. Presente em mais de 85% das maiores empresas do Brasil, o Grupo conta com mais de mil colaboradores diretos e é reconhecido pela sua abordagem consultiva, de inovação e empreendedorismo. Sua sede está em São Paulo/SP e suas filiais em Extrema/MG, Manaus/AM, Seul/Coréia do Sul e Shenzhen/China.

Jornal da Construção Civil – Nos últimos anos no país tem se falado muito no termo Eficiência Energética (redução de custos, produtividade, qualidade dos produtos e sustentabilidade). Podemos dizer que a UNICOBA adotou esse “novo” modelo para seus negócios? Se sim, pode citar um exemplo?

Alexandre Dellai – Atualmente o termo Eficiência Energética é uma palavra de ordem. Existe um grande potencial para economizar energia (de 30% a 40%), com produtos mais eficientes em diferentes tipos de sistemas como: iluminação, climatização, motores, ar comprimido e refrigeração. Com a crise do mercado e a concorrência cada vez maior em todos os setores, é preciso ter consciência e analisar suas despesas operacionais para ser mais eficiente e aumentar a eficiência da operação.  A substituição da iluminação convencional pela iluminação LED eleva a vida útil da solução para 5/10 anos dependendo do regime de operação (12h/24h) e o retorno do investimento entre 9 a 18 meses.

A LEDSTAR® não só adotou esse novo modelo para os seus negócios, como hoje em dia esse modelo é a principal linha de negócios da empresa. Em 2009, a divisão de eficiência energética representava uma pequena parcela faturamento do grupo e hoje essa divisão de negócios se tornou uma nova empresa do grupo representando cerca de metade do seu faturamento. Temos foco na venda consultiva tanto para o mercado industrial/corporativo como para o mercado público (iluminação pública).

Jornal da Construção Civil – Várias medidas estão sendo adotadas para o uso em larga escala das Lâmpadas e Luminárias LED no dia a dia, seja nas edificações comerciais, Iluminação Pública como também nos prédios residenciais. A ABNT e o INMETRO adotaram regras que visam dar maior segurança ao mercado (fabricante e consumidor). Para a UNICOBA, essas regras adotadas em especial pelo INMETRO estão de acordo com os objetivos comerciais da empresa? Em especial para o fornecimento de lâmpadas Led para Iluminação Pública?

Alexandre Dellai – Em 2015, o INMETRO lançou uma portaria para regularizar a comercialização das lâmpadas LED no mercado, a qual virou regra em 2016. Agora já temos a portaria para regularizar as luminárias LED para iluminação pública viária e, em agosto de 2018, a conformidade será obrigatória. Certamente o próximo passo será dado em relação à iluminação de interiores abrangendo industrias e comércio.

A estratégia da LEDSTAR® está alinhada com os requisitos INMETRO. Somos a primeira empresa a fabricar as luminárias LED em território nacional. Temos o maior índice de nacionalização de produtos. Como fabricantes sempre buscamos a melhor qualidade dentro de um custo competitivo, portanto iniciativas como a do INMETRO só aumentam a profissionalização desse mercado.

AA ledstarservicos
Ledstar Servicos

Jornal da Construção Civil – Em relação aos produtos (Lâmpadas/Luminárias) fabricados pela empresa, temos algum produto novo no mercado? Ou em fase produção para atender um setor específico?

Alexandre Dellai – A LEDSTAR® existe desde 2009. Começamos com foco no mercado público viário e no mercado industrial, com o passar do tempo fomos nos especializando em outros setores como a iluminação pública municipal e diferentes aplicações industriais. Em 2015, entramos no mercado de varejo (venda de lâmpadas LED por meio de distribuidores para atender ao mercado residencial), além de iluminação específica para postos de combustível. Desde 2016 temos aprimorado nosso portfólio para a iluminação comercial (lojas e shopping centers) e escritórios. A novidade é que todos os produtos das nossas famílias evoluem a cada semestre – surgem Led Chips cada vez mais eficientes e com isso temos luminárias cada vez mais eficazes (maior número de lumens por watt consumido – lm/w). Com isso, entregamos mais iluminação com consumo cada vez menor.

Nesta linha, acabamos de lançar a linha High Bay 5, uma família de luminárias para aplicações entre 6 e 15 metros de altura, para galpões industriais e operações logísticas. Com uma eficiência de 125 lumens/ watt, possui o melhor custo-benefício ao mesmo tempo que reduz a carga instalada e, por consequência, a despesa com iluminação dos clientes. Em termos de payback, a solução High Bay 5 permite um retorno menor de 2 anos dependendo do regime de operação do cliente.

Jornal da Construção Civil – Como a empresa está se saindo no atual momento econômico e político do país? Algum projeto comercial da UNICOBA foi remodelado por causa da crise? Atender mercados externos? Algum país em destaque?

Alexandre Dellai – Nossa estratégia comercial está focada no Brasil e continua inalterada apesar da crise econômica. Os clientes estão buscando aumento de eficiência, o que vem ao encontro de nossa proposta.

Empresas que já realizaram projetos parciais de eficiência energética estão ampliando cada vez mais seus projetos de eficiência energética com a entrada de soluções de financiamento para a implantação da iluminação LED com pagamentos que cabem dentro da economia gerada pela aplicação da iluminação LED dentro do mês.

Jornal da Construção Civil – A empresa possui vários centros no Brasil e escritórios na Ásia (China e Seul). No caso do mercado asiático, a empresa adotou em ter um canal comercial na região? Por quê?

Alexandre Dellai – Temos escritórios na Ásia para garantir a qualidade dos componentes utilizados em nossos produtos. Isto é parte do processo de desenvolvimento de produtos e supply chain visando garantir os melhores produtos fabricados no Brasil.

Jornal da Construção Civil – No caso do Brasil, a logística sempre é uma reclamação em geral. Como a empresa tem atuado neste setor e também no pós-venda?

Alexandre Dellai – Temos mais de 40 anos de experiência em distribuição de produtos em todo território nacional. Nossas operações logísticas evoluíram e continuam evoluindo para minimizar o prazo de entrega. Hoje, por meio de transportadoras parceiras, conseguimos garantir a entrega em todos Estados em prazos reduzidos e a tempo de cumprir com os projetos dos clientes.

Em relação a pós-venda, desenvolvemos um processo de Troca em Garantia Antecipada, o cliente nos aciona e já providenciamos o envio antecipado da luminária. Com isto o cliente não precisa enviar a luminária com defeito para depois receber o novo produto evitando ficar sem iluminação. Quando entregamos a nova luminária já coletamos a anterior com suposto defeito. Vale lembrar que a confiabilidade da solução LED é altíssima, sendo que os produtos LEDSTAR® possuem um índice de RMA (return merchandise authorization) próximo a zero.

Além da economia de energia, esse é um dos grandes benefícios do LED, a solução tem uma durabilidade de no mínimo cinco vezes superior às soluções de vapor metálico e dificilmente apresenta problemas. Os produtos LEDSTAR® foram desenhados para suportar as variações de tensão muito comuns na distribuição de energia no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »