Animais em perigo: Tartaruga-Cabeçuda de 44 KG passa por cirurgia para remoção de anzol

Ação é parte do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos – PMP/BS.

0 79

Maio, 2018 – No final do mês passado  a equipe do Instituto Gremar realizou uma laparoscopia para a retirada de um anzol do esôfago de uma tartaruga-marinha cabeçuda (Caretta caretta). Ela havia sido resgatada no último dia 15, na Praia dos Campos Elíseos, em Itanhaém (SP), através de acionamento feito por munícipes. A ação é um resultado do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

Acidentes com tartarugas podem ocasionar lesões grave no animal. Créditos: Instituto Gremar

O animal sub-adulto pesa 44 kg é mais uma vítima da pesca de espinhel. Ingerido acidentalmente, o petrecho em forma de “J” acaba sendo engolido e pode levar ao óbito. Por isso, recomenda-se aos responsáveis pela atividade pesqueira que utilizem modelos em formato circular.

Neste caso específico, por conta da posição em que já se encontrava o petrecho, na altura do plastrão, foi necessária uma endoscopia para auxiliar no procedimento cirúrgico, com o apoio da clínica Endoscopet.

Embora ainda sob tratamento para recuperar-se de um quadro de pneumonia, a tartaruga apresenta bons sinais pós-operatórios no geral. Alimenta-se com frequência, nada com relativa desenvoltura e já eliminou o restante da linha que se prendia ao anzol. Diante deste quadro, neste momento os prognósticos para soltura são favoráveis.

Instituto Gremar

Anzol sendo retirado de uma tartaruga – cabeçuda de 44 kg. Créditos; Instituto Gremar

Organização não governamental pioneira, que desde 2004 trabalha por meio de equipes multidisciplinares no monitoramento ambiental e reabilitação de animais vitimizados, cursos de capacitação profissional, atividades de educação ambiental em espaços formais e não formais e atendimento a emergências ambientais com fauna. Até o momento já atendeu cerca de 3 mil ocorrências na Baixada Santista, realizando qualificação e quantificação destes.

Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS)

É desenvolvido para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Seu objetivo é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O Gremar é uma das instituições que integram o projeto em sua chamada Fase 1. Possui bases em funcionamento no Guarujá e em Itanhaém e atua em prontidão 24h, podendo ser contatado pelos telefones 0800-642-3341 ou (13) 99711-4120.

Acesse em www.gremar.org.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.