Petrobras aumenta preço do diesel sem combinar com os caminhoneiros. Em protesto, caminhoneiros bloqueiam diversas rodovias e desabastecimento de combustíveis e alimentos já acontece em várias cidades

0 150

Da Redação 

Rio, Maio, 2018 – Se já está ruim, ainda pode piorar. São 27 milhões de brasileiros desempregados, como divulgou o IBGE, Indústria em ritmo lento de crescimento, Operação Lava Jato, ano eleitoral, além de outros fatores externos negativos para fazer o Brasil tremer neste ano de 2018. Temer e sua equipe ministerial insiste em bater cabeça a todo momento. A greve dos caminhoneiros é um exemplo de má gestão e falta de dialogo com a categoria.

Pela 1ª vez na história, protesto de Caminhoneiros chega ao Centro-RJ. Foto: JCC

O problema? Com a atual política  da Petrobras, de seguir um modelo internacional de ajustes ou aumento de preços dos combustíveis para refazer o caixa da empresa é, coloca – lá novamente no patamar mundial da 4ª maior petrolífera do mundo(nunca saiu), a gestão executiva da empresa acabou gerando um efeito colateral danoso para o país. Milhares de caminhoneiros cruzaram os braços por diversas rodovias federais em protesto contra o 6º aumento consecutivo  – óleo diesel, utilizado em larga escala pelo transporte de cargas e passageiros de todo o país.

Consequência? Diversas rodovias federais e estaduais estão com bloqueios praticado pelos  caminhoneiros. Cidades, como São Paulo, Rio e Minas, ônibus não estão rodando pelas ruas, supermercados estão com prateleiras vazias , navios ancorados a espera das mercadorias nos portos de Santos e de outras regiões já sofrem com pátios vazios. 

Leia a carta da Associação Brasileira dos Caminhoneiros Autônomos  – ABCAM- http://www.abcam.org.br/index.php/pt/noticias/522-nota-oficial-paralisacao-nacional-dos-caminhoneiros-autonomos

Solução? três dias depois, a Petrobras resolveu, após pressão dos caminhoneiros reduzir em 10% o preço do óleo diesel – http://www.agenciapetrobras.com.br/Materia/ExibirMateria?p_materia=980270. A Câmara dos Deputados aprovou ontem(23) urgentemente a isenção tributária para o diesel até o final do ano – http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/557986-CAMARA-APROVA-PROJETO-QUE-REDUZ-BENEFICIADOS-POR-DESONERACAO-E-DA-ISENCAO-TRIBUTARIA-AO-DIESEL.html.

No resumo, o povo é que sofre com toda essa situação.  Afinal, o que o Rodrigo Maia faz na câmara?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.