GE Power energiza a sua primeira subestação compacta com novo gás G3

Instalada na Suíça, a operação é pioneira em utilizar o novo gás G3 (Green Gas for Grid)

Fevereiro, 2018 – No fim de 2017, a GE Power colocou em serviço a sua primeira subestação isolada a gás G3 no mundo. A nova planta, instalada em Etzel, na Suíça, é a pioneira na utilização deste novo gás – do inglês, g3 (Green Gas for Grid) -, que substitui o SF6 e diminui as emissões de gases de efeito estufa em 99%.

Projeto desenvolvido em parceria com o cliente suíço, Axpo, a subestação inovadora é a primeira a substituir o SF6, pelo G3. Juntas, a GE e a Axpo trabalharam, em tempo recorde, para colocar a planta em operação. A subestação funciona com o mesmo nível de performance e excelência que as subestações compactas tradicionais que se utilizam do SF6 como seu meio isolante, apresentando as mesmas características físicas, elétricas e mecânicas, com um impacto residual menor para o meio ambiente.

O G3 chega para ser a solução que o mercado de alta tensão busca há muitos anos. “O início da operação da subestação de Etzel representa um passo muito importante não só para o meio ambiente, mas também para o setor elétrico em geral, que agora terá um produto altamente tecnológico, compacto e principalmente sustentável”, afirma Ana Cláudia Laurino, Líder de Vendas da GE Power. Uma subestação isolada a gás (GIS) consiste no agrupamento de equipamentos que podem transmitir e/ou distribuir energia elétrica, mais compactas que as tradicionais isoladas a ar. Equipamentos como estes podem ser encontrados em todos os setores de energia, desde indústrias até transmissão e geração.

A GE iniciou sua busca por nova opção para estações GIS em 2014, quando anunciou oficialmente o G3 como uma solução alternativa. “Buscar soluções pioneiras e apoiar a adoção mais ampla de tecnologias como o gás G3 se trata de responsabilidade corporativa e social. É fazer a nossa parte para mitigar o aquecimento global e melhorar a vida das pessoas”, comemora a executiva.

Após os testes, o site deverá entrar em operação completamente no primeiro semestre de 2018.

Fonte: Imprensa/GE Power

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *