Conforto e modernidade: Lafem constrói novo módulo do CT do Flamengo

Março, 2018 – Com 5 mil metros quadrados em dois pavimentos, seguem a todo vapor as obras do novo módulo profissional do Centro de Treinamento do Flamengo, tido como o mais moderno do país, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A obra tocada pela Lafem Engenharia chama atenção pelo porte. Serão mais de 20 instalações divididas em três setores, incluindo as 42 suítes – 36 individuais e seis duplas. Para o engenheiro responsável, Frederico Freitas, é aí que está a maior dificuldade. “Entregar uma obra complexa como esta, da fundação até o acabamento final, será o nosso maior desafio”, diz.

CT1
Noco CT do Flamengo. Divulgação

No setor A ficarão a inédita sala do patrocinador, as salas de imprensa, de coletivas, dos gerentes, de massagem, de fisioterapia, os vestiários, a rouparia, a sauna e a hidroterapia, a preparação física, o estúdio de gravação, a copa, as salas de fisiologia, nutrição, odontologia e psicologia, além da de reunião e as administrativas. Já no setor B, serão construídos a recepção, o pátio e o terraço descobertos, a churrascaria e as salas de reunião e do diretor de futebol. O setor C, por fim, é o lugar da cozinha industrial, do restaurante, das suítes, da recreação e do auditório dos jogadores.

CT2
O novo CT do clube terá 20 instalações divididas em três setores, incluindo as 42 suítes – 36 individuais e seis duplas. Divulgação

O novo CT terá ainda acessos independentes para os jogadores, comissão técnica e imprensa e varandas de observação do campo de treinamento para a equipe técnica e os patrocinadores. O campo também ficará visível das salas de preparação física e hidroterapia, que terão pé direito duplo. Cada auditório terá capacidade para 50 pessoas. Todo o programa do projeto, visa a integração direta da equipe técnica com a área de preparação física dos jogadores, inclusive com uma praça de convívio.

CT4
Novo Ninho do Urubu. Divulgação

O projeto, do escritório FEU Arquitetura, também prima pela qualidade dos materiais utilizados na expansão do Ninho do Urubu. Logo na fachada ventilada, por exemplo, haverá uma combinação de porcelanato esmaltado 120 x 240 com esquadrias em pele de vidro e “brise”. Porcelanatos também serão aplicados no lobby, nas áreas de circulação, no restaurante e nas salas de hidroterapia e sauna (60 x 120); nos WCs, vestiários e depósito (60 x 60) e nas suítes (20 x 129). O piso vinílico será aplicado nas alas de fisioterapia e de preparação física, que também terá piso Impact Roll. No campo, a grama sintética será da marca Comfort Grass, enquanto na cozinha, o revestimento será da Gail, da linha Keraflor.

Para tirar do papel esse empreendimento, a Lafem destacou um time de colaboradores, além de um grupo de consultores especializados nas principais disciplinas, como fundação e estrutura, esquadrias de alumínio, fachada, acústica e impermeabilização. Todos os funcionários estão conscientes ambientalmente, e a empresa criou áreas no campo da obra para que os resíduos sejam separados.

Mais detalhes acesse www.lafem.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *